Maria Aparecida Dias
PALESTRANTE

Cozinheira, quitandeira, proprietária do restaurante “Sabor do Quilombo”. Negra e Quilombola atua como contadora de histórias. Mãe. Mestre Griô. Atualmente está presidente da Associação Comunitária da Chacrinha (ACC) pelo 4º mandato. Liderança comunitária. Ativista e ambientalista participa de diversas audiências públicas onde é convidada para dar seu depoimento sobre os impactos das mineradoras em sua comunidade. É conselheira do Conselho Municipal de Saúde de Belo Vale e é também conselheira do Conselho Municipal de Cultura Belo Vale Recentemente mobilizou e articulou a presença de quilombolas e representantes de movimentos sociais para discutirem sobre os impactos gerados pelo rompimento da barragem de rejeitos da Vale, em Brumadinho. Na ocasião reuniram-se em Belo Vale, no restaurante Sabor do Quilombo, cerca de 60 pessoas.